Prémio

Jean Loup Passek

• melhor cartaz de cinema •

Júri

Paula Tavares

Paula Tavares . Presidente do Júri

Nasceu no Porto, vive em Viana do Castelo e trabalha em Barcelos. Actualmente é Directora da Escola Superior de Design do Instituto Politécnico do Cávado e do Ave, assim como é Diretora do Centro de Investigação em Design Media e Cultura ID+ no Polo do IPCA, onde coordena o Grupo CAOS. Em 1994 terminou o curso superior de Desenho na Escola Superior Artística do Porto e em 1999 a licenciatura em Artes Plásticas - Pintura na Faculdade de Belas Artes do Porto, foi bolseira ERAMUS em Barcelona entre 1997 e 1998. Doutorou-se em Belas Artes na Faculdade de Belas Artes de Pontevedra da Universidade de Vigo em 2006, com a tese “As complexas relações entre a arte e a política na cultura ocidental. A arte política como contradição institucional”. Leccionou na Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto entre 1999 e 2004 assim como na Escola Superior Artística do Porto (em acumulação). De 2004 a 2012 colaborou com a Escola Superior Artística do Porto – Guimarães, entre 2006 e 2012 esteve nesta instituição como Professora Coordenadora. Entre 9 de Setembro de 2007 e 31 de Março de 2015 exerceu como Professora Adjunta na Escola Superior Tecnologia do Instituto Politécnico do Cávado e do Ave. Desde 1 de Abril de 2015 que é Professora Coordenadora do IPCA. Participa em seminários, workshops e conferências periodicamente, apresentando trabalhos de investigação no âmbito do Desenho, Design, Ilustração e Animação. As suas publicações são predominantemente das áreas do desenho, ilustração e animação e ainda da teoria e prática da arte contemporânea. Orienta Trabalhos de Doutoramento, Projectos e Dissertações de Mestrado desde que se doutorou contando com um conjunto de vários Trabalhos defendidos nas áreas do Desenho, Ilustração, Animação e Artes Plásticas; também desde 2006 que participa em júris de provas como arguente. Organiza, como Chair a Conferência Internacional em Ilustração e Animação do IPCA, sendo que a primeira edição se realizou em 2012. Contando já com 8 edições de sucesso, a CONFIA é reconhecida pelos pares como o evento mais relevante nas áreas da Ilustração e Animação. Como artista expõe e participa em eventos desde os anos noventa, estando representada em várias publicações relativas ao percurso artístico, assim como em várias colecções de arte contemporânea. Também vem participando em júris de vários festivais ou concursos nas áreas do Design, Animação, Ilustração e Artes Visuais.

Jorge Silva

Jorge Silva

É um homem dos jornais e com eles ganhou, entre 2000 e 2004, 40 prémios da americana SND, Society for News Design, pelo seu trabalho como designer e diretor de arte n'O Independente e no Público. A ilustração editorial, paixão de uma vida inteira, que aprendeu no trotsquista Combate ao longo dos anos 80 e 90, tem-lhe trazido muitas alegrias, prémios, curadorias, e um blog, o Almanaque Silva, onde escreve histórias bizarras sobre a ilustração portuguesa. Inventou em 2003 uma sardinha que se tornou ao longo dos anos a genuína imagem de Lisboa, cidade onde nasceu há 59 anos. Com o ateliê silvadesigners, que fundou em 2001, tem contribuído para a criação e desenvolvimento de marcas culturais da riquíssima vida cultural lisboeta. Acredita que "uma palavra vale mil imagens" e aplica no trabalho a exuberância emocional da sua alma portuguesa e a inteligência editorial que aprendeu na imprensa. Coleciona compulsivamente ilustração, em todos os suportes possíveis, de livros a carteiras de fósforo, e tornou-se freguês assíduo das leiloeiras, onde arrebata por pequenas fortunas grandes tesouros da história da ilustração portuguesa. É membro da AGI, Alliance Graphique Internationale, desde 2012.

Marcos Covelo

Marcos Covelo

O seu trabalho distingue-se pelo uso de várias estratégias criativas relacionadas à apropriação, pós-produção e serialização. O seu processo criativo é caracterizado por uma metodologia sistemática de agrupamento de arquivos (imagens, vídeos, textos, etc.) e posteriormente reinterpretação. Licenciado pela Faculdade de Belas Artes de Barcelona em 2010, leciona desde 2018 como professor associado na Universidade de Vigo pelo Departamento de Desenho em disciplinas como Técnicas Informáticas ou Técnicas Gráficas, entre outras. Atualmente é membro do grupo de pesquisa DX7 do UVigo. Destaca-se na sua formação académica o Mestrado em Criação e Investigação em Arte Contemporânea pela Universidade de Vigo, as bolsas Erasmus na Coventry University of Art & Design (Inglaterra) ou o Programa de bolsas de mobilidade para investigadores da Universidade de Vigo com destino em Portugal. Ao longo da sua carreira tem sido premiado e selecionado em diversos concursos e residências artísticas a nível nacional e internacional. Destacando-se o Décimo Primeiro Prémio Auditório de Galicia para Novos Artistas, o prémio Zona ‘C’ com o projeto El rapto de Europa, a Residência Artística da Fundação Bienal Cerveira 2014 ou o Prémio Novos Valores 2010. A sua obra tem sido exibida em vários espaços de grande relevância artística a nível nacional e internacional. Destaque para a exposição individual As respostas estão soprando no vento na Fundação Rac, e as exposições coletivas na 14ª Mostra de Arte Gas Natural Fenosa, Museu de Arte Contemporáneo de la Coruña, Pintura em três atos (Ângelo de Sousa, Gerardo Bermester e Marcos Covelo) no Fórum Cultural de Cerveira, Em torno de uma paixão no Centro Huarte em Pamplona, Artes plásticas Mardel no Centro Carmen em Valência, XXIV Mostra de Arte Jovem em La Rioja no Salão de Exposições ESDIR e Sem Respeito na Combustão Espontânea galeria.