Equipa

Plano Frontal

Pedro Sena Nunes

Pedro Sena Nunes

Tutoria

Realizador, programador cultural e professor na área da criação artística, cinema documental e cinema experimental. Realizou diversos filmes com apoio do ICA/RTP - documentários, ficções e spots publicitários. Desenvolveu projetos fotográficos de autor. Co-diretor artístico da Vo'Arte, co-fundador da Companhia Teatro Meridional, é consultor e coordenador de diversos projetos culturais nacionais e internacionais. Integrou as equipas dos projectos europeus Fragile, Unlimited e European Video Dance Heritage (EVDH). Co-dirige os Festivais Internacionais InShadow, InArt e InMotion nas áreas do cinema, fotografia, dança e performance, e é programador dos Olhares Frontais, projeto que integra os Encontros de Cinema de Viana, há 20 anos, onde coordena também o projecto Histórias da Praça. Colaborou no desenho do Festival Filmes do Homem, atual MDOC, onde é responsável pela Residência Plano Frontal. O seu projeto artístico centra-se cada vez mais numa prática com dimensão social através do cruzamento de todos com todos, intérpretes com multi-defiência e artistas profissionais. Há 27 anos que se dedica intensamente à área pedagógica, dirigindo laboratórios dedicados à experimentação e inovação, tanto documental, como ficcional. Leciona nas áreas de realização cinematográfica, narrativas transdisciplinares e relação da performance com as tecnologias na ESTAL, IPA, SOU e EscreverEscrever. No Mestrado de Cinema Documental da ESMAD (Porto) leciona há 12 anos e é coordenador pedagógico na ETIC há 18 anos, escola onde foi diretor criativo, e colaborou na implementação dos novos cursos HND certificados pela maior entidade educativa: Pearson. Orquestrador e encenador de diversos projetos teatrais, coreográficos e performativos, foi inúmeras vezes premiado pelos seus trabalhos cinematográficos, fotográficos e transdisciplinares em Portugal e no estrangeiro. Co-criou o projeto Geração Soma, apoiado pelo Programa PARTIS - Integração social através das práticas artísticas, da Fundação Calouste Gulbenkian. Atualmente é doutorando na Universidade de Lisboa (UL) em artes performativas e imagem em movimento, é também investigador do CLEPUL-GECAPA nas áreas experimentais de cruzamento entre corpo e imagem. Terminou o seu último filme "Quatro Estações e Outono" e prepara “Um mar de céu”.

João Gigante

João Gigante

Colaborador tutor

Natural de Viana do Castelo, é licenciado em Artes Plásticas pela Faculdade de Belas Artes do Porto e realizou o Mestrado em Comunicação Audiovisual (Fotografia) na Escola Superior de Música, Artes e Espectáculo do Instituto Politécnico do Porto. Mantém o seu percurso entre a prática das artes plásticas, tendo exposto o seu trabalho em diversas exposições no panorama artístico nacional e internacional e a prática de produção e organização de eventos e projetos artísticos e a projeção e organização de projetos de nível social e etnográfico, mantendo a sua característica artística e conceptual. O seu trabalho complementa as diferentes áreas de atuação plástica, como a fotografia, o vídeo, a sonoplastia, a instalação e o desenho. Desenvolve também projetos de cariz musical onde se destaca PHOLE e o projeto sonoplástico ARAME (com Miguel Arieira). É também, fundador e diretor da Revista PARASITA (com Hugo Soares).

Carlos Eduardo Viana

Carlos Eduardo Viana

Coordenação

Carlos Eduardo Viana fez Estudos Superiores em Cinema e Vídeo na Escola Superior Artística do Porto e possui uma licenciatura em ensino. É docente do grupo 200. Coordenou a Oficina de Cinema e Audiovisuais do Centro Cultural do Alto Minho (1981 a 1994) e foi sócio fundador, em 1994, da AO NORTE – Associação de Produção e Animação Audiovisual, ONGD de que é dirigente. Bolseiro do governo francês, frequentou nos Ateliers VARAN, em Paris, dois estágios de cinema direto (iniciação e especialização). Coordena as atividades pedagógicas desenvolvidas pela AO NORTE na área do cinema e dos audiovisuais, os Encontros de Cinema de Viana e o portal na Internet Lugar do Real. Realizou vários documentários em Portugal, Angola e Cabo Verde.

Rui Ramos

Rui Ramos

Produção

Rui Ramos, nasceu em Paris em 1971. Tem formação superior em direito, marketing e promoção turística. É sócio fundador e Director Executivo da AO NORTE – Associação de Produção e Animação Audiovisual, onde assume a produção executiva de documentários e a responsabilidade pela produção dos documentários produzidos no âmbito do curso de documentarismo Olhar o Real. É o produtor executivo dos Encontros de Viana – Cinema e Vídeo (2001-2019) e do MDOC – Festival Internacional de Documentário de Melgaço (2014-2019). Foi diretor artístico e programador do Festafife – Festival Internacional de Teatro de Marionetas e Cinema de Animação (2007-2011) para a área do cinema de animação. Administrador e produtor da FORA DE CAMPO FILMES - Cooperativa de Responsabilidade Limitada (C.R.L.). É coordenador e fundador da Minho Film Commission. Diretor técnico da BIG – Bienal de Ilustração de Guimarães. Trabalha como consultor na área do turismo e é empresário.

Ana Luísa Oliveira

Ana Luísa Oliveira

Produção Executiva

Ana Luísa Oliveira é licenciada em Comunicação Social pela Universidade do Minho com especialização em jornalismo e vídeo e mestre em Cinema Documental, na ESMAD. Foi jornalista durante quase uma década, tendo colaborado em vários meios de comunicação, do rádio à televisão passando pela imprensa escrita. Desde 2014 tem trabalhado também na área da produção e argumento, tendo um papel importante na pesquisa de desenvolvimento de documentários. Na componente educativa, é responsável pelo projeto educativo "Escola.Cinema.Ação" e monitora de oficinas de teatro e cinema com crianças do 1º ciclo. Como freelancer trabalha em diferentes áreas: copywriting, realização e produção. Na área audiovisual está a produzir a série documental "Gentes da Minha Terra" e o documentário "Vouguinha".

Miguel Arieira

Miguel Arieira

Apoio Técnico / Imagem

Miguel Arieira (1987) é licenciado (2010) em Tecnologia da Comunicação Audiovisual (área vídeo), pela Escola Superior de Música e Artes do Espetáculo do Instituto Politécnico do Porto. Desde 2010 participa em projetos como freelancer para cinema, televisão e publicidade. Colabora com a AO NORTE desde 2012, participando na realização e produção de documentários e conteúdos audiovisuais, organização de festivais de cinema, bem como no trabalho formativo em escolas.

Daniel Deira

Daniel Deira

Apoio Técnico / Som

Daniel Deira (1982) é licenciado em Tecnologia da Comunicação Audiovisual pela Escola Superior de Música, Artes e Espetáculo do Instituto Politécnico do Porto. Possui ainda formação superior na área da engenharia. Com especial interesse pelo som é nesta área que se especializa, nomeadamente na captação e pós-produção áudio. Colabora regularmente com a AO NORTE - Associação de Produção e Animação Audiovisual desde 2013 e trabalha também noutros projetos, não só na área de som mas também como operador de câmara.