Scroll To Top

Orientadores

Fora de Campo

José da Silva Ribeiro

José da Silva Ribeiro . Coordenador

Universidade Federal de Goiás, AO NORTE – Grupo de Estudos em Cinema e Narrativas Digitais.

Licenciado em Filosofia, Bacharel em Cinema e Vídeo, Mestre em Comunicação Educacional Multimédia e doutor em Antropologia – antropologia visual e antropologia digital. Coordena o Grupo de Investigação Media e Mediações Culturais – CEMRI Universidade Aberta e o Grupo de Estudos de Cinema e Narrativas Digitais da AO NORTE. Colabora com Universidades, Centros e Grupos de Pesquisa e Festivais de Cinema em Portugal e no Brasil. Faz trabalho de campo, pesquisa e produção audiovisual no Brasil e em Portugal. Coordena com a Professora Alice Martins a REDARTH – Rede de Cooperação Internacional em Educação, Artes e Humanidades participa na Direção da AIETORG – Associação Internacional de Estudos Transculturais

Alessandro Ricardo Campos

Alessandro Ricardo Campos

Universidade Federal do Pará

Doutorando pelo Programa de Pós Graduação em Sociologia e Antropologia – PPGSA / UFPA, Mestre em Antropologia Social pelo mesmo Programa (2014), e Especialista em “Educação e Saberes Africanos e a Implementação da lei 10.639” pela Universidade Federal do Pará (2012). É graduado em Ciências Sociais também nesta universidade (2005). Atua como Professor (Classe II) na Secretaria Estadual de Educação (SEDUC / PA) e como docente externo da UFPA. É membro-fundador do Grupo de Pesquisa em Antropologia Visual e da Imagem – Visagem / PPGSA, e editor da Revista Eletrônica Visagem. Atua como membro da curadoria das mostras do Festival do Filme Etnográfico do Recife e coordenador do Festival do Filme Etnográfico do Pará

Alfonso Palazón

Alfonso Palazón

Faculdade de Ciências da Comunicação da Universidade Rey Juan Carlos

Doutor e licenciado em Ciências da Informação e Comunicação pela Universidade Complutense. Prémio Internacional Aurélio Paz dos Reis, 2016. Professor titular de Comunicação Audiovisual na Faculdade de Ciências da Comunicação da Universidade Rey Juan Carlos. Trabalhou em diferentes projetos Audiovisuais como realizador, produtor e guionista. Atualmente desenvolve como co-produtor o projeto transmedia A Primavera Rosa.

Daniel Maciel

Daniel Maciel

AO NORTE – Grupo de Estudos em Cinema e Narrativas Digitais

Doutorado em Antropologia – Poder, Resistência e Movimentos Sociais, pela Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa. Desenvolve investigação sobre usos e práticas de cultura direcionados a populações marginalizadas, com especial interesse na sua aplicação em contextos prisionais. Com a AO NORTE tem vindo a colaborar em projetos de recolha, inventariação e reflexão em torno de fotografias históricas em álbuns pessoais.

Denise Machado Cardoso

Denise Machado Cardoso

Universidade Federal do Pará

Antropóloga, graduada em História e doutora em Desenvolvimento Socioambiental. Coordena o Grupo de Pesquisa em Antropologia Visual e da Imagem (Visagem) e Grupo de Estudos sobre Populações Indígenas Eneida Correa de Assis (GEPI). Participa da equipe de coordenação do Comitê de Antropologia Visual da Associação Brasileira de Antropologia (CAV-ABA). Atua como coordenadora do Laboratório de Antropologia Arthur Napoleão Figueiredo (LAANF) e como docente no Programa de Pós-Graduação em Sociologia e Antropologia (PPGSA) e Programa de Pós-Graduação em Cidades, Territórios e Identidades (PPGCITI) da Universidade Federal do Pará.

Glaúcia Davino

Glaúcia Davino

Universidade Presbiteriana Mackenzie

Doutora em Ciências da Comunicação - USP. Mestre em Artes - USP. Bacharel em Comunicação Social-Cinema - USP. Tem experiência profissional em audiovisual. Docente no Programa de Pós Graduação Interdisciplinar "Educação, Arte e História da Cultura", na Universidade Presbiteriana Mackenzie. Líder do Grupo de Pesquisa NAV - Núcleo Audiovisual. Realiza pesquisa sobre roteiro audiovisual desde 1989. Tem desenvolvido pesquisa inédita sobre roteiristas brasileiros. Criou e coordena, desde 2009, os Seminários Histórias de Roteiristas. Investiga temas nas áreas de linguagens relacionadas ao audiovisual às mídias e tecnologias contemporâneas, com enfoque em procedimentos criativos.

Gloria Gómez-Escalonilla

Gloria Gómez-Escalonilla

Faculdade de Ciências da Comunicação da Universidade Rey Juan Carlos

Licenciada em Jornalismo e Doutora em Comunicação Audiovisual pela UCM. Professora titular de Comunicação na Universidade Rey Juan Carlos, Madrid. Diretora do Mestrado Oficial de Jornalismo Digital e Novos Perfis Profissionais da URJC.

Jesús Ramé

Jesús Ramé

Equipa de Investigação Intermedia

Licenciado e Mestre em Filosofia (UNED). Professor do Departamento de Comunicação Audiovisual da Universidade Rey Juan Carlos e profesor de pós graduação (UNED) do curso “Alfabetização Audiovisual para docentes”. Membro da equipa de investigação Intermedis (URJC) onde coordena projetos de alfabetização e criação audiovisual. Professor de Formação Profissional em Meios Audiovisuais (CES). Montador profissional.

João Lafuente

João Lafuente

ESPAÇO MIRA e MIRA FORUM

João José do Coito Lafuente, licenciado em Matemática Aplicada pela Universidade do Porto, exerceu a função de técnico de informática na Caixa Geral de Depósitos. Dedica-se à fotografia desde a adolescência tendo trabalhos seus publicados em livros e revistas. Participou em exposições coletivas e realizou exposições individuais e em co- autoria com Manuela Matos Monteiro. De entre as várias exposições produzidas pode-se destacar “Carnaval em Veneza”, “As Vindimas”, “A luz do Cristalino”, “ Istambul – Roteiro da melancolia”, “Tropicana/Matanzas”, “A Sul de Dakar”,“ Istambul e Lisboa – Roteiros da melancolia”, De entre outras intervenções destaca-se o trabalho também em co-autoria, sobre o Douro: fotografia oficial dos 250 anos da região demarcada, exposição sobre a região na Assembleia da República (“O Douro no Tejo com Siza Vieira, José Rodrigues e Gracinda Candeias), no Parlamento Europeu/Bruxelas, em Paris, Bordéus, em Maputo e na Beira (Moçambique), em várias zonas do Douro e no Porto. Dirige, desde outubro de 2013, com Manuela Matos Monteiro, as galerias ESPAÇO MIRA e MIRA FORUM, em Campanhã, no Porto.

Lisabete Coradini

Lisabete Coradini

Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Comité de Antropologia Visual da Associação Brasileira de Antropologia

Mestrado em Antropologia Social pela Universidade Federal de Santa Catarina (1992) e Doutorado em Antropologia pela Universidad Nacional Autónoma de México (2000). Atualmente é Professora titular do Departamento de Antropologia da Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Coordenadora do NAVIS Núcleo de Antropologia Visual, Diretório de Pesquisa/CNPq-UFRN. Realizou os seguintes filmes: No mato das mangabeiras, Seu Pernambuco, cinema moçambicano em movimento, Sila, Mulher Cangaceira, Mestre Zorro, entre outros. Membro da Comissão de Elaboração e de Avaliação do Roteiro de Classificação da Produção Audiovisual/CAPES. Membro da Comissão da Imagem e Som da ANPOCS nas gestões 2001-2002 e do GT Antropologia Visual da ABA (2009-2010) e (2011-2012). Publicou: Praça XV espaço e sociabilidade; Antropologia e Imagem; As cidades e suas Imagens. Organizou Dossiê sobre Cinema antropologia audiovisual. Tem experiência na área de Antropologia, com ênfase em Antropologia Urbana e Audiovisual, atuando principalmente nos seguintes temas: cidades, espaços, memórias, narrativas, cinema, cinema africano e o uso da imagem. Atualmente é presidente da Comissão de Antropologia visual da ABA.

Manuela Matos Monteiro

Manuela Matos Monteiro

ESPAÇO MIRA e MIRA FORUM

Manuela Matos Monteiro tem formação em Filosofia e Psicologia sendo co-autora de livros de Psicossociologia, Psicologia e autora de livros de Pedagogia, Metodologia de Projeto entre outros (Porto Editora). Dirigiu durante anos a revista 2:PONTOS e foi coordenadora do site NetProf. Dedica-se à fotografia há vários anos, participando com os seus trabalhos em exposições colectivas e individuais. O seu trabalho tem sido reconhecido através de prémios obtidos em diversos concursos de fotografia, de que se destaca o 1º prémio no concurso internacional “La femme et la vigne”. Tem trabalhos publicados em livros e revistas. De entre as diferentes intervenções pode-se destacar o trabalho em coautoria com João Lafuente, sobre o Douro. Desde 2011 desenvolve experiências com um smartphone explorando as potencialidades do dispositivo que capta e edita fotografias. Teve trabalhos selecionados e expostos em Los Angeles, Kansas City, Miami, Tokyo, Berlim, Florença, Verona entre outras. Realizou duas exposições individuais: no Ecomuseu de Montalegre (2012) e a exposição “Contemplação” na Casa Museu Abel Salazar (dezembro 2014). Uma das suas “Self(ie) evidence” obteve o 1º prémio na categoria de autorretrato no concurso MPA de 2014, o mais prestigiado prémio em fotografia mobile.

Rejane Zilles

Rejane Zilles

Festival Mimo de Cinema

Cineasta, atriz e produtora. Graduada em Artes Cênicas pela Universidade Federal do Rio de Janeiro/UNIRIO, atua no mercado da produção cinematográfica. É diretora e curadora do Festival Mimo de Cinema, desde sua primeira edição. O MIMO é realizado em Paraty, Olinda, Rio de Janeiro, São Paulo e Amarante/ Portugal. Dirigiu e produziu o curta-metragem O LIVRO DE WALACHAI – exibido em mais de trinta festivais dentro e fora do Brasil. Estreou como diretora de longa-metragem com o documentário WALACHAI - lançado em circuito nacional de cinemas em 2013. Rejane nasceu e viveu sua infância nesta comunidade de origem alemã no Sul do Brasil e aprendeu a falar português apenas aos sete anos de idade. Ao filmar, documenta seu povoado de origem.

Sandra Regina Nunes

Sandra Regina Nunes

DIVERSITAS, Universidade de São Paulo

Graduada em Letras pela Universidade de São Paulo, mestrado e doutorado em Comunicação e Semiótica: Literatura, pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Pós-Doutorado em Teoria Literária pela Universidade Federal de Minas Gerais e em História Social pela Universidade de São Paulo. Pesquisadora do Diversitas/USP e Professora do Programa de Pós-Graduação em Humanidades, Direitos e outras Legitimidades, do Diversitas/USP. Professora de Literatura e Dramaturgia, da Fundação Armando Álvares Penteado e de Comunicação e Expressão da Fatec. Foi Vice-Coordenadora do Diversitas/Usp e Coordenadora do INOVA/FATEC. Coordenadora do Grupo de Estudos Arte, Cultura e Subjetividade. Pesquisadora dos Grupos de Pesquisa Jean Rouch e Redhart. Autora do Blog Reescrituras Rubianas, e do ensaio biográfico sobre Murilo Rubião, em www.murilorubiao.com.br. Autora do Blog História Fotografada, História (Com)Partilhada

Tiago Baptista

Tiago Baptista

ANIM-Cinemateca Portuguesa

Diretor do Arquivo Nacional das Imagens em Movimento, o centro de conservação da Cinemateca Portuguesa-Museu do Cinema. Doutorado em Film and Screen Media pela Universidade de Londres (Birkbeck College), é investigador integrado do Instituto de História Contemporânea-NOVA FCSH e docente da Faculdade de Ciências Humanas da Universidade Católica Portuguesa.