/Exposição.05

04 Agosto
...17 Outubro

Sede da Junta de Freguesia da Gave
Luís Miguel Portela

Impermanência, ou, da vida por estas brandas

Luís Miguel Portela | Portugal, 2018

Desafiado a revisitar quatro anos depois os materiais da residência "Plano Frontal" de 2017, que resultaram na exposição "Impremanência, ou, da memória da vida de Brandeiro", o autor procura agora aprofundar esse primeiro olhar sobre a vida dos brandeiros da Aveleira. Envolto na mesma dúvida original sobre o que é afinal ser brandeiro, este novo trabalho liberta-se da busca inicial pela memória do passado ao assumir, para além das subtilezas fotográficas, que é também no presente que se encontram os detalhes que caracterizam a vida impermanente das brandas da freguesia da Gave.

  • Data: 04 Agosto / 17 Outubro 2021
  • Local: Sede da Junta de Freguesia da Gave
Luís Miguel Portela
Luís Miguel Portela

Nasce em Loulé em 1979. Muda-se para Lisboa em 1997 para estudar Economia, área em que trabalha vários anos. Em 2009, no entanto, muda de vida para se dedicar às viagens, à escrita e à fotografia. Entre outras viagens, completa de 2013 a 2016 uma volta ao mundo sem voar, que documenta em imagens. No regresso estuda fotografia, na ETIC, trabalhando agora na área. Conta com duas participações na residência de fotografia "Plano Frontal", em 2017 e 2018, trabalhando na última paralelamente como residente de cinema.